Email

Email
.

sábado, 30 de abril de 2011

FELIZ ANIVERSÁRIO!

JOSENI GOMES


Felicidades e muitos anos de vida...

PARABÉNS

sexta-feira, 29 de abril de 2011

BOUTIQUE DAS FLORES OFERECE SHOW ROOM ESPECIAL PARA O DIA DAS MÃES



CONVITE

A Boutique das Flores está convidando Você para participar do Show Room elaborado especialmente para o Dia das Mães que será realizado neste domingo, dia 1º de Maio, às 17h, onde traremos as últimas tendências e novidades para você presentear sua mamãe.

Na ocasião estaremos oferecendo um delicioso Chá da Tarde para os nossos clientes e visitantes.

A loja está localizada na Avenida Lauro Maia, vizinho a Lord Boutique, próximo ao Vagalume.

A Boutique das Flores espera por você!

Um forte abraço do amigo Sheilly Holanda.

Prefeitura efetua pagamento do funcionalismo nesta sexta-feira

A prefeitura de Patu, através da Secretaria de Finanças efetua hoje (29/04) o pagamento de todo o funcionalismo público municipal referente ao mês de abril .

A prefeita Evilásia Gildênia lembra que apesar de todas as dificuldades que a administração vem enfrentando em virtude das reduções das cotas do FPM e da falta de recursos destinados ao município, o pagamento dos funcionários em dia continua sendo prioridade absoluta desta administração.

Os servidores poderão sacar os seus vencimentos nas agências do Banco do Brasil, no início da tarde.

Fonte: blog do campelo

quinta-feira, 28 de abril de 2011

NOVO BLOG

BIBLIOTECA COMUNITÁRIA


Editado por:



CARLOS LEANDRO

ACESSEM!

HINO DE PATU

Hino de Patu.

Maria Céli Suassuna Leite


Letra/Música: Maria Céli Suassuna Leite.
Arranjo: Maestro Josineldo Moreira da Silva.
Execução: Banda de Música Luiz de França Dantas.

I

Ao pé e sombra da serra altaneira
Em sol brilhante, Patu ressurgiu
Terra querida, por nós tão amada
Com céu estrelas aurora e luar
Com o teu vento soprando a hstória {bis}
De esplendor tradição secular

ESTRIBILHO

Nós somos seu povo
Ardente história
Valor cultural
Existência e memória
Do nascer ao morrer {bis}
Tua glória

II

Teus filhos índios eternos guerreiros
A terra deram denominação
Cariris bravos que primeiro viram
Do fértil solo gigante riqueza
Coma origem de tribo habitante
Deram a Patu tuas almas em nobreza {bis}

ESTRIBILHO

Nós somos teu povo
Ardente história
Valor cultural
Resistência e memória
Do nascer ao morrer {bis}
Tua glória

III

A nossa terra querida Patu
Linguagem indígena montanha sonora
Somos teus filhos e ti cantamos
Teu belo hino de amor e de glória
Nossos valores somados farão
Constante luta progresso e vitória {bis}

ESTRIBILHO

Nós somos teu povo
Ardente história
Valor cultural
Resistência e memória
Do nascer ao morrer {bis}
Tua glória

IV

Terra de ilustres batalhadores
Que na saudade lembrança mergulha
Vultos históricos, que o tempo levou
Neste hino memória cantar
Cada herói que o nome deixou {bis}
No livro terra em letras lembrar

ESTRIBILHO

Nós somos teu povo
Ardente história
Valor cultural
Resistência e memória
Do nascer ao morrer {bis}
Tua glória

V

Linda muralha da natureza
Resplandecente divina criação
Serra do lima com tanta beleza
O santuário que é o nosso brasão
Salve! Patu salve! tua nobreza
Canta teu povo, do amor a canção {bis}

ESTRIBILHO

Nós somos teu povo
Ardente história
Valor cultural
Resistência e memória
Do nascer ao morrer {bis}
Tua glória

Patu-RN, 08 de setembro de 2001.

COTA DO FPM DAS PREFEITURAS ENTRA AMANHÃ:

VEJA VALORES DE PATU

FPM....................R$    127.177,19 C
FUS....................R$      29.848,22 C
FUNDEB...............R$      73.054,82 C
TOTAL.................R$   230.080,23 C

Fonte: www.bb.com.br

Professores da UERN Farão Parada de Advertência Hoje (28/04)


Os professores da UERN - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - atendendo a solicitação do sindicato dos docentes (ADUERN) farão parada de advertência hoje (quinta feira - 28/04) em prol da campanha salarial da categoria. As principais reivindicações dos professores são:

* Reposição de 23,98% em cumprimento ao Plano de Cargos e Salários,

* Descontingeciamento imediato dos recursos orçamentários da UERN,

* Garantia da autonomia financeira da UERN,

* Ampliação dos recursos orçamentários da UERN,

* Extinção dos Núcleos Avançados de Educação Superior,

* Entre outras.

Fonte: Blog da Folha Patuense

FESTA BREGA NA AABB DE PATU - SÁBADO DIA 30 DE ABRIL

FELIZ ANIVERSÁRIO!

EDNO AZEVEDO


O Olhar Crítico envia os parabéns e deseja-lhe saúde, felicidades e muitos anos de vida!

quarta-feira, 27 de abril de 2011

JESUÍNO, o cangaceiro BRILHANTE!

Autor:
Gil Holanda
(Primo de Epitácio Filho)


Não Foi nem com Lampião
Nem com Antônio Silvino
Mas o cangaço primeiro
Começou com Jesuíno
Que na busca por justiça
Foi um herói genuíno.

Ele nasceu em Patu
No oeste potiguar
Em dezoito e quatro e quatro
E vale a pena lembrar:
Eram os seus pais João Alves
E Alexandrina Alencar.

Como um homem sertanejo
De um sertão abrasador
Foi vaqueiro, comboieiro
E também agricultor,
Jesuíno era exemplo
De “ cabra” trabalhador.

Mas a família dos negros
Limões mudou o seu destino
E tudo se deu assim:
Com o roubo de um caprino
Da estimação de um alpendre
Da casa de Jesuíno.

Naquele tempo furtar algo
Como uma cabra leiteria
Era uma grande ofensa
A uma família inteira
Seja brilhante ou qualquer
Outra família brasileira.

Eram sete os irmãos
Da família dos Limões
Ousados por natureza
Todos eram valentões
Protegidos dos políticos
Lá e em outras regiões.

Além do furto, os Limões
Chico e Honorato Limão
Deram uma forte surra
Em Lucas Alves, irmão
De Jesuíno, na festa
Da vila de Conceição.

Jesuíno foi então
Ao encontro de Honorato
E Chico Limão, com o fim
De poder no mesmo ato
Vingar-se desses Limões
Seus inimigos de fato.

“Prepare-se para morrer”
Gritou Jesuíno Brilhante
Ao encontrar Honorato
Bebendo bem adiante
Na bodega de Botelho
Se achando muito importante.

Com duas apunhaladas
Honorato foi ao chão
Jesuíno condenado
Sofreu ordem de prisão
Pela morte imediata
Desse negro valentão.

Os Limões por vingança
Mataram no mesmo instante
Nas terras de Jesuíno
E de maneira humilhante
José Ferreira Calado
Primo e amigo de Brilhante.

Foram essas desavenças
De seu mundo camponês
Com o grupo dos Limões
E por outras mais talvez
Que no mundo do cangaço
Jesuíno entra de vez.

Além dos negros Limões
Seus inimigos de fé
Delegado de Patu
Brejo do Cruz e Catolé
Sempre com suas milícias
Estavam todos no seu pé.

Assim Brilhante e os amigos
Pirí, Pajeú, Duo,
José, Benício, Delgado,
Padre e Manoel de Ló
Enfrentaram um Sertão
De morte poeira e pó.

Com horror as injustiças
Um poder independente
No sertão se implantou
Era um cangaço pra frente
Comparado com os outros
Sempre foi bem diferente.

De bacamarte na mão
A favor dos humilhados
Fugas defesas e ataques
Vinham de todos os lados
A desafiar o Estado
E os seus grupos armados.

Com seu código de honra:
“De jamais tocar no alheio
E respeitar a família
Não importando o seu meio”
Jesuíno impôs ao bando
Nunca agir por anseio.

Para decantar seus feitos
Enquanto o bando atacava
Os Limões ou a polícia
Uma canção começava
“ Isso é bom corujinha “
E pelo céu se ecoava.

Por oito anos exatos
Os sertões paraibano
E potiguar conheceram
Um cangaço justo e humano
Imposto por Jesuíno
Num país pré-republicano.

Na grande seca que houve
Jesuíno saqueava
A comida dos comboios
Que o governo encaminhava
Mas que por questões políticas
Para os pobres não chegava.

Na sua luta viveu
Sempre em defesa do pobre
Do humilde e do injustiçado
Com um sentimento nobre
Repartia o pão e dizia:
“Não quero que ninguém sobre”.

E pra mulher violentada
Ele tomava as dores
Punindo o infrator no ato
Mesmo num tempo de horrores
Em que nem sequer havia
Punição pra estupradores.

Se alguém um dia tentasse
Uma moça desonrar
Arrastava o sedutor
E um padre de algum lugar
Brilhante logo chamava
Pro casamento celebrar.

Até mesmo da prisão
Da Cadeia de Pombal
Jesuíno libertou
De modo fenomenal
O seu irmão Lucas Alves
Preso de forma ilegal.

Com coragem e ousadia
Jesuíno percorreu
Todo sertão nordestino
Como um herói Europeu
Assim como Hobin Hood
Que injustiças combateu.

JESUÍNO, o cangaceiro
BRILHANTE, teve em São
José do Brejo do Cruz,
Esse lugar do sertão
No oeste da Paraíba
A sua morte em questão.

A morte de Jesuíno
Inda hoje nos comove
Na memória do cangaço
Há quem diga e quem comprove
Foi no final de dezembro
De dezoito e sete e nove.

Numa emboscada da tropa
Do cabo preto limão
Lá no Sítio Santo Antônio
No cavalo Zelação
Com um tiro bem no peito
Jesuíno foi ao chão.

O lugar foi mencionado
Por grandes memorialistas
Como Nonato e Cascudo,
Cantado por repentistas
Que dedilharam o cangaço
Em seus versos cordelistas.

Hoje Ariano dedica
A Jesuíno Brilhante
A sua “Pedra do Reino”
O seu romance gigante
Que consagra o cangaceiro
Como um cavaleiro andante.

E a coragem de Brilhante
Pelo Sertão Potiguar
Também no Paraibano
Prossegue a galopar
No cavalo da justiça
Que um dia há de brilhar.

FIM

Autor: Gil Holanda

Entrevista com Dr. Epitácio, Psiquiatra e Estudioso do Cangaço

Dr. Epitácio Filho
- Psiquiatra e Estudioso do Cangaço -

GILBERTO: Olá, Dr. Epitácio! Fale-nos sobre sua pessoa, profissão e trabalhos que tem desenvolvido.

DR. EPITÁCIO: Sou médico psiquiatra por formação. Pertenço ao quadro de saúde da Polícia Militar e do Hospital Psiquiátrico Dr. João Machado, em Natal, onde resido. Trabalho em várias cidades do estado. Nasci em Catolé do Rocha/PB, “a praça de guerra”, como chama o conterrâneo Chico Cesar, e fui criado no Patu, no médio-oeste potiguar, terra natal de Jesuíno Brilhante.

GILBERTO: Desde quando surgiu seu interesse pelo fenômeno do cangaço e o que o motivou a estudar o tema com tanto empenho?

Dr. EPITÁCIO: Herdei o meu nome do meu pai Epitácio Andrade, ex-prefeito de Patu, que foi aluno do Professor Raimundo Nonato, no Colégio Diocesano de Mossoró. Doutor Raimundo Nonato é o autor de “Jesuíno Brilhante, o cangaceiro romântico”, sendo, portanto, o principal biógrafo de Jesuíno. Na minha infância, os meus pais recebiam e acolhiam o Professor Nonato em nossa residência em Patu, quando ele vinha pesquisar no acervo da casa paroquial. Talvez por meu nome significar “ofício de estado”, sentia-me na obrigação de acompanhá-lo em suas investigações. Posteriormente, passei a entender o resgate da nordestinidade como um ofício de estado.



E VEJA A ENTREVISTA COMPLETA NO BLOG DA FOLHA PATUENSE!

NO CENTRO DE PATU... UM PRÉDIO ESTADUAL EM RUÍNAS!

O prédio que deveria funcionar a CASA DA CULTURA, bem no centro de Patu, mas precisamente na Praça João Carlos, encontra-se em ruínas.   Nesse prédio já funcionou o BNB e a Coletoria Estadual.   

Fotos: MÁRLIO FORTE




Se o Estado não tem competência para preservar seu patrimonio, deveria doar aos municípios, com certeza teria melhor serventia.

Do Blog da Folha Patuense

Prefeitura de Patu Realizará neste 1º de Maio a II Corrida do Trabalhador (Domingo)
Foto de Arquivo Patunews
 
A Prefeitura Municipal de Patu, através da coordenação de esporte, vai realizar neste domingo 1º de maio a II Corrida do Trabalhador. Inscrições na Arena Sports ou no Módulo Esportivo Miguel Câmara Rocha, com João Carlos Bandeira. A II Corrida do Trabalhador percorrerá as principais avenidas da cidade com largada e chegada na sede da prefeitura.

Premiação: 

Categoria Geral

1º Lugar: R$ 300,00
2º Lugar: R$ 200,00
3º Lugar: R$ 100,00

Categoria Local

1º Lugar: R$ 150,00
2º Lugar: R$ 100,00
3º Lugar: R$ 50,00

domingo, 24 de abril de 2011

ACADEMIA DA TERCEIRA IDADE INAUGURADA ONTEM (24) NA PRAÇA DO POVO

Fotos: Aluísio Dutra
Prefeita Evilásia Gildênia e o Sec. de Saúde Dr. Ednardo Moura
no momento da inauguração.
 


e veja muito mais no blog da Folha Patuense!

FELIZ ANIVERSÁRIO!

HOLANDA


Parabéns ao amigo Holanda pela passagem do seu aniversário...
Desejamos muita saúde e velicidades para você toda sua família.

sábado, 23 de abril de 2011

O BLOG OLHAR CRÍTICO RECONHECE O VALOR DE SEUS SEGUIDORES


Nessa primeira matéria queremos parabenizar o seguidor e leitor assíduo desse blog, o jóvem HIGOR GODEIRO, que como vocês podem ver na imagem acima, faz parte do seleto grupo de seguidores do OLHAR CRÍTICO.

PARABÉNS PELO BOM GOSTO!

PREFEITA EVILÁSIA ENTREGANDO UMA NOVA AMBULANCIA A POPULAÇÃO

A prefeita Evilásia Gildênia entregou na manhã deste sábado (23) uma nova ambulância ao município.




Fotos: SECOM

Participação do Leitor

Carlos Leandro disse...

Gostaria muito de estar presente nesse evento tão bonito na cidade.

Vejo uma boa iniciativa em retomar essa encenação, não deixando a parte cultural da cidade perder em nada para qualquer outro local do país.

Ficou um belo espetaculo, todos estão de parabens. Foi um bom presente ao povo, e desejo que melhorias maiores que essas sejam vindouras e, com certeza, serão muito bem vindas.

Parabens a secretaria de cultura, e a todo o povo patuense.

Em resumo, parabens à administração por esse evento.

IMAGENS DA ENCENAÇÃO DA PAIXÃO DE CRISTO EM PATU

Fotos: MÁRLIO FORTE










Veja mais acessando:


REALIZAÇÃO DESTE EVENTO:


SECRETARIA DE CULTURA
PARÓQUIA NOSSA SENHORA DAS DORES

Do blog Patu no Esporte

Equipe de Ciclismo Aero II de Mossoró Faz a XI Romaria Mossoró - Lima


A equipe de Ciclismo Aero II da cidade de Mossoró esta fazendo a XI Romaria Mossoró-Lima, os atletas saíram de Mossoró as 1:00h da madrugada de hoje (23) e chegaram em Patu as 7:00h da manhã. A equipe foi recepcionada por Marcos Pereira (Marcos de Manoel Relogioeiro) e Patu no Eporte (Gledson Solano).

A equipe é formada por 10 atletas e patrocinada por MULT FRIOS

Atletas: IGOR, MARCOS, HERLLON, ERIQUES LEITE, GERALDO, LUIZ ARMANDO, ARARA, PEREQUITO, ZÉ MARIA E MARCELO MORCEGO.

CLIQUE AQUI e veja matéria completa!

sexta-feira, 22 de abril de 2011

Do blog de MÁRLIO FORTE

 Campus JOÃO ISMAR DE MOURA !!!



... Com um feio pano preto!

Segundo informação extra-oficial o nome foi coberto, conforme orientação do Ministério Público, pelo fato de ser ilegal fazer homenagem a pessoas vivas em prédios públicos. 

Comentário enviado por EXPEDITO

Expedito disse...

A crítica a festa é no mínimo falta de informação, normalmente estes recursos são oriundos do Ministério do Turismo, são recursos destinados a promover o turismo, não podem ser gastos em escolas ( apesar de justo seria considerados desvios de verbas), como queriam algumas pessoas. Claro que as escolas precisam urgentemente de reformas, mas os recursos devem ser oriundos da Secretaria de Educação do Estado, Ministério da Educação ou com recursos próprios ( difícil devido a penúria que passam as prefeituras. Como vemos, uma questão não elimina outra, nem atrapalha.

FELIZ ANIVERSÁRIO!

WELLINGTON ARAGÃO


Felicidades e muitos anos de vida...
PARABÉNS!

PARA REFLETIR...

"Só dê ouvidos a quem te ama.

 Não te preocupes tanto com o que

 acham de ti. O que te salva não

 é o que os outros andam achando,

 mas é o que Deus sabe a

 teu respeito"

(Padre Fábio de Mello)

quinta-feira, 21 de abril de 2011

21 DE ABRIL - DIA DE TIRADENTES

FELIZ ANIVERSÁRIO!

JORGE GADELHA


LUMA NÁTHALY DUTRA


THALYTA E THAYNARA


Felicidades e muitos anos de vida...

PARABÉNS!

PARA REFLETIR...

As núvens mudam sempre de

 posição, mas são sempre nuvens no

 céu. Assim devemos ser todo dia,

 mutantes, porém, leais com o que

 pensamos e sonhamos; lembre-se,

 tudo se desmancha no ar,

menos os pensamentos.

(Paulo Baleki)

quarta-feira, 20 de abril de 2011

BELAS IMAGENS NOTURNAS NO BAIRRO DA ESTAÇÃO APÓS REVITALIZAÇÃO DA PRAÇA DO POVO

IMAGENS  FEITAS POR BRUNO CAMPELO

 Nova placa da Praça do Povo
 Antiga Estação Ferroviária

MEGA-SENA TEVE DOIS SORTUDOS!


Os números sorteados hoje (20), foram:

05 - 09 - 11 - 22 - 36 - 40



e veja o resultado completo!

UM BELO DISCURSO!

CAJIM - UERN - PATU -RN


Discurso de Cláudio Rosa - Orador das Turmas Concluíntes 2010.2


Senhoras e Senhores presentes

A responsabilidade a mim confiada pelos meus colegas de redigir essa oração, confesso que me deixou um pouco apreensivo, porém muito emocionado em saber que um cara simples como eu oriundo de uma família pobre de uma favela de Maceió – AL, conseguiu com a ajuda de Deus chegar até essa cidade, conquistar amigos, o respeito de um povo, a realização de um sonho e ainda por cima o direito de representá-los nessa solenidade de colação de grau. É muita felicidade para uma pessoa cujo sonho era apenas um dia saber ler e escrever, por isso sinto-me honrado em ser o responsável por expressar aqui perante todos o consenso de suas opiniões e posições.

As primeiras palavras que chegam como músicas aos nossos ouvidos é a de que, “Amigos, nós conseguimos!” Nenhum de nós conseguiu chegar até aqui sem esforços, sem dedicação, sem ter tido que abdicar de algo importante. Ninguém que por ventura consiga concluir um curso superior hoje em dia poderá dizer: “Eu não passei por nenhuma dificuldade”. Todos nós tivemos que deixar um pouco para traz, próximas ou distantes, maiores ou menores, sejam diretas ou indiretamente tivemos que deixar algo, para podermos superar esses desafios que outrora se apresentavam maiores que cada um de nós.

Colegas formandos, ao refletir sobre o panorama de nossas carreiras, digo que a nossa luta pela realização profissional será marcada pelo sacrifício, por tristezas e desilusões. Nesse processo teremos por base a confiança e a esperança que tudo vai dar certo assim como nossos trabalhos e seminários que outrora pareciam tão difíceis e complicados, mas que, ao passar víamos que éramos capazes de realizá-los com louvor. Venceremos porque saberemos enfrentar os empecilhos que o futuro nos trará, escudados na força de vontade, no estudo, na pesquisa, em fim, no trabalhar honesto e incansável. Apesar das nuvens escuras que pairam sobre a perspectiva do mercado profissional, eu asseguro que o momento é de regozijo. A vitória que hoje estamos consolidando nos permite, entre outras honrarias, a virtude de sermos profissionais, e essa vitória que alcançamos através dos estudos é a única riqueza intransferível que ladrão algum poderá roubar, é um tesouro que não se doa nem se vende apenas se compartilha.

Hoje somos homens e mulheres diferentes. Nossas vidas mudaram, nossas responsabilidades aumentaram junto com as nossas capacidades como também nosso prestígio, afinal de contas a sociedade passará a nos ver com outros olhos. Deixamos entre as paredes da Universidade anos de nossa vida que nunca voltarão não é verdade? Não os perdemos, apenas trocamos pelo conhecimento, pelas experiências, pelas amizades, pelos desafios que essa caminhada repleta de flores e espinhos nos proporciona, afinal de contas estamos apenas começando não é mesmo? Muitos sairão daqui com pesar no coração, receosos de perder algumas amizades conquistadas com afinco e mantidas com dedicação. Outros sairão esperançosos com o que aprenderam na faculdade e ansiosos para aplicarem esses novos conhecimentos no que preferirem. Há também aqueles que pleitearão novos trabalhos, darão continuidade aos estudos se especializando, adentrando em novos cursos... Mas ninguém, absolutamente ninguém irá poder dizer sem que seu coração se aperte que estará saído da universidade sem levar nada e sem deixar um pouco de si.

Não estamos aqui para nos engrandecer e sim para agradecer. Primeiramente a Deus, segundo nossos pais e mães, pois sem a sua luta e dedicação para nos criar e educar não estaríamos aqui. Agradecer a UERN por nos ter aceito de braços abertos nos tornando com isso pessoas melhores, pois uma instituição como essa tem mais que estrutura física de tijolo e pedra, tem história, e onde tem história tem vida! Vida que se estende através de nós, estudantes, alunos que um dia após o outro escreve mais uma página dessa belíssima história. Agradecemos aos funcionários pelo cuidado para que nada viesse nos faltar. Agradecemos aos mestres, nossos dedicados professores que, apesar de tudo que nos ensinou não conseguiram ensinar palavras que fossem capazes de expressar tão infinita gratidão, nunca os vemos como funcionários e sim como amigos de jornada que nos auxiliava durante a caminhada rumo ao conhecimento. Agradecer as pessoas de forma geral pelo apoio moral, material e porque não espiritual que nos tem dado. Enfim, agradecemos a todos que nos ajudaram a nos tronar pessoas melhores.

Não há conquista maior que a alegria que brota no coração de quem consegue algo com seu próprio esforço, e creio que nesse exato momento, como poucas vezes em nossa vida podemos sentir isso na pele, em todos os órgão do nosso corpo inclusive no coração. Fomos ajudados sim, afinal de contas todos precisam de ajuda, mas fizemos esforço, por isso merecemos estar aqui. Se no dia de hoje podemos dizer que somos maiores que ontem, semana passada, ou mês passado, foi por mérito nosso.

É bem verdade que não estaremos lado a lado para sempre. Alguns de nós irá partir para bem longe, talvez até para lugares onde não possamos alcançar. Com certeza terá dias em nossa vida que iremos precisar de alguém com as características daqueles colegas que sentavam ao nosso lado na hora da aula, mas infelizmente eles não estarão mais lá. O que vai importa é que saibamos que tivemos esses momentos juntos. É preciso que não venhamos a esquecer de que um dia fomos eternamente juntos, mesmo que esse eternamente tenha sido por um curto período de tempo, apenas um período quem sabe. É preciso que permaneça dentro de cada um de nós todos os momentos que passamos aqui.

Agora, meus diletos amigos. Encontramos-nos num momento crucial de nossas vidas. Iremos decidir aqui qual o melhor caminho a se tomar. Sabíamos que esse dia iria chegar, pois já trilhávamos por esse caminho e por vezes aguardávamos ansiosos por esse momento. Pois bem, esse dia chegou. Do caminho que vínhamos seguindo temos mil a escolher, escolha esta que só caberá a cada um de nós daqui para frente.

Muito obrigado a todos e mais uma vez eu digo, estamos de parabéns, pois conseguimos!

AUTOR: Claudio Rosa, orador das turmas 2010.2

Fonte: Blog de Cláudio Rosa
Via blog do cajim